Fórum Romano

Fórum Romano

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Roteiro de Estudos para 7˚s anos: Avaliação Trimestral 30/10

Roteiro de Estudos: Capítulos 15 ao 17 Grandes Navegações ao Encontro das Diferenças: muitas perdas para alguns, muitos ganhos para outros

Queridos,

O Roteiro abaixo deve ser feito no caderno, ele valerá como nota na avaliação do caderno (quem não tiver, perderá 0.5), mas o mais importante, ele serve como uma ferramenta para você revisar conteúdos, levantar dúvidas e aprimorar seu processo de estudo/aprendizagem!

Capítulo 15: Grandes Navegações

1) Elencar  e explicar interesses nas Grandes navegações dos seguintes grupos sociais:(páginas 148 e 149)

a) O Rei:
b) Os Nobres;
c) Os Comerciantes;
d) A Igreja;
e) A população em geral

2) Rever páginas 148/149, atividade com documentos (TR)
3) Rever TR página 153 - Razões que fizeram de Portugal pioneiro no processo de Navegações.
4) Rever Atividade 2 página 157, poema de Fernando Pessoa página 153, análise e conclusão.
5) Elencar e explicar os motivos que fizeram os europeus a lançarem-se às Navegações, mesmo sendo uma aventura tão perigosa.

Capítulo 16: O encontro entre culturas: Perdas e Ganhos

6) Como foi o encontro entre portugueses e africanos no século XVI (página 104 e 105)
7) Como podemos relacionar esse encontro ao ETNOCENTRISMO?
8) Quem são as chamadas civilizações pré-Colombianas? (paginas 108 e 109), por que recebem esse nome?
9) Compare a organização das civilizações pré-Colombianas a organização europeia.
10) Como foi o encontro entre portugueses e os habitantes do atual território brasileiro, as tribos caçadoras-coletoras? (páginas 113 a 115),

Capítulo 17:

11) Reveja em seu caderno as atividades do Para Refletir página 118/119.
12) Atenção ao quadro síntese da página 119 que elenca os fatores da vitória europeia sobre as populações americanas.
13) Relacione a Mita e a Encomienda à exploração dos nativos na América Espanhola (páginas 120/121)
14) Reveja a Atividade com documentos 1 páginas 121 e 122 e analise como os autores se posicionam diante da conquista.

Lá vai o Mão Molenga, vale tudo para ilustrar!