Fórum Romano

Fórum Romano

domingo, 24 de junho de 2012

2˚ano: Slides e Revisão II Reinado

Pessoal, desculpem a demora para postar os slides, mas... aí está!!!
Brasilsegundo reinado
View more presentations from Kerol E Ri.


II Reinado Conceitos Centrais que deve-se saber para garantir bons resultados na P2:

·      Os liberais, que lideraram a campanha da maioridade, foram chamados para compor o primeiro ministério de D. Pedro II. Para conseguir maioria na Câmara dos Deputados, os liberais realizaram as “eleições do cacete”. Substituídos no ministério pelos conservadores, os liberais realizaram levantes, em 1842, nas províncias de São Paulo e Minas Gerais,
·      O uso do Poder Moderador, na manobra de substituir os gabinetes ministeriais, provocou a existência do “parlamentarismo às avessas”. Entre 1853 e 1858, o Brasil presenciou a existência de “gabinetes de conciliação”, com a participação de ministros liberais e conservadores.
·      As elites, revezando-se no poder, abandonam as revoltas armadas como instrumento de disputa política.
·      As exportações de café, principal produto brasileiro a partir do século XIX, deram ao governo de D. Pedro II o dinheiro que permitiu a realização de uma razoável atividade administrativa e a organização de um aparato repressivo das revoltas.
·      Entre 1822 e 1840, o Brasil endividou-se para poder pagar suas importações, dando origem à dívida externa.
·      A Tarifa Alves Branco (1844) e o fim do tráfico negreiro (1850) favoreceram nossas atividades industriais. O Barão de Mauá foi a grande figura do processo industrial brasileiro.
·      A Questão Christie (1861-1865) provocou o rompimento diplomático entre Brasil e Inglaterra.
·      O Brasil ajudou a derrotar o Partido Blanco em diversas ocasiões no Uruguai, firmando influência na região.
·      A Guerra do Paraguai foi um conflito geopolítico entre Paraguai e a Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai) que contava com o apoio econômico da Inglaterra.
·      O Exército brasileiro tornou-se a organização de força política, encaminhando-se para o ideário republicano.